(13)3233-2901 (13)9961-96494 ver telefone Avenida, Washington Luís, 283, Santos/SP

Blog

Blogueira passa por Quimioterapia

Duas lindas histórias



Olá, 

Hoje quero compartilhar com vocês o caso de uma blogueira que passou pelo tratamento de quimioterapia. Vamos la?!

“Eu não quero mais ter cabelo. Ser careca é bom, a gente não tem que pintar, não precisa cortar toda hora. Cabelo é um saco, é chato!” A blogueira Lucia Freitas dispara essas frases em meio a gargalhadas. Logo que ela soube que tinha câncer de mama, foi informada pelo oncologista que seus cabelos iam cair. E tudo bem. “As pessoas têm na memória aquela cena triste da Carolina Dieckmann raspando os cabelos (na novela “Laços de Família”). Mas não precisa ser assim”.

Se na vida real dá para tentar encarar a careca com leveza, na ficção nem sempre é assim. Nas últimas semanas outro câncer de novela entrou em pauta, com a personagem Nicole, interpretada por Marina Ruy Barbosa em “Amor à Vida” (Rede Globo). A menina, que na trama tem Linfoma de Hodgkin, desiste de raspar os cabelos no último minuto, aos prantos.

Com Lucia não teve choro, nem música triste. Antes mesmo da primeira sessão de quimioterapia, ela resolveu raspar tudo em um evento entre pessoas queridas. Uma amiga faz a maquiagem, outra começou o corte com a tesoura, e depois com a máquina. Uma terceira fez fotos e vídeos de todo o processo. “Foi ótimo. Eu não sabia que ia gostar tanto”, conta ela, que publicou a experiência no blog Descabeladas.

A pianista Inês Vasconcellos fez diferente. Depois das primeiras sessões de quimioterapia contra o câncer de mama, os fios não caíram. Prevenida, ainda assim resolveu encomendar uma peruca. “A dona da loja me disse que os cabelos iam começar a cair no 14º dia de tratamento. Dito e feito, começou a cair no 14º dia, uma quinta-feira. Na sexta eu acordei, não falei com ninguém, fui sozinha ao cabeleireiro e pedi para passar a máquina”.

De uma hora para a outra, Inês, que sempre teve cabelos compridos, estava careca. “Mas não foi um drama não, de jeito nenhum. Perdi cabelo, cílios, sobrancelha, até unhas. A gente perde mesmo, mas é consequência do tratamento para curar a doença. Não pode ter medo”.

A pianista se emociona ao lembrar do que ouviu de seu neto, que tinha então oito anos, ao visitá-lo pela primeira vez sem cabelos. “Ele me disse para não me preocupar, que minha beleza não estava nos cabelos, mas sim na graça da minha pessoa. Eu comecei a chorar, isso que ele disse me deu muita força”, conta.

Gostou destas duas histórias? compartilhem.

Beijos e até a próxima

Cristina Orosa

 




Veja outras notícias






Entre em contato

Endereço:
Avenida, Washington Luís, 283
Boqueirão - Santos/SP
Cep: 11055-001

Telefone:
(13)3233-2901 (13)9961-96494 ver telefone
Horário de Atendimento:
Sáb das 11:00 as 16:00
Ter Qua Qui Sex das 14:00 as 20:00
fechado

Fale Conosco



Compartilhar





90597

http://cristinaorosa.com.br/anuncios/gravaNota